Encontre o que pesquisa

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

~ Nostalgia,pessoas e suas 'feladaputagens'

Postado por Yasmin Lima às 19:53 2 comentários
# Primeiro post do ano \õ

Hoje quero falar de...

Nostalgia,pessoas e suas 'feladaputagens'

Bom à gente vai envelhecendo e a medida que isso acontece vamos amadurecendo e mudando os nossos conceitos. Lembramo-nos do passado e percebemos o quanto éramos ingênuos. Quando somos mais jovens, na nossa percepção, as pessoas não são ruins, todas são confiáveis, amigas... Nenhuma pessoa deseja seu mal, todos só querem o seu bem. Vamos conhecendo pessoas... E algumas delas, com certas atitudes acabando fazendo, com que a gente perca a fé nas pessoas. Com isso, nos tornamos pessoas frias e sem sentimentos.... seres super desconfiados, até nossa sombra passa a não ser mais confiável... Você provavelmente se lembra da época em que tinha muitos 'amigos' (aquela época em que você não entendia a diferença entre amigo e colega, todos eram seus amigos). Deve se lembrar também, do quanto era importante a quantidade e não a qualidade (essa diferença você aprende depois de muito tempo e da pior maneira possível). E aquela época em que você acha que só o amor basta,que só o amor supera tudo...(doce ilusão). Quando deixamos a ingenuidade de lado, percebemos o quanto éramos tolos e o quanto algumas pessoas são desprezíveis. A verdade é que algumas pessoas mentem, iludem, enganam... E você tem que aprender a conviver com isso, infelizmente... O fato é que até você aprender, vai quebrar muito a cara... Vai chorar, se iludir, se enganar, vai confiar, se entregar... Vai ser vulnerável!E quando as pessoas perceberem isso vão aproveitar de você, da sua ingenuidade.
Você com o tempo aprende a ser safo, a notar e a reconhecer as pessoas que estão a sua volta. Você passa a ser seletivo e sensitivo. Daí aprende a reconhecer as pessoas que querem o seu bem e as que querem o seu mal e deixa de ser um ‘brinquedinho’ de sociopatas. É óbvio que algumas vezes você fará pessoas chorarem... Afinal ninguém consegue agradar todo mundo... O que fará você não ser denominado com desprezível é a maneira que fará isso. Sempre existe uma escolha... Você pode optar entre ser uma pessoa execrável ou uma pessoa justa. As escolhas que você faz, suas atitudes são o que denominam você. É isso que faz a diferença. Então não seja uma criatura abominável. Mas também não seja uma criatura tola. Respeite, ame, valorize, cuide, se importe com quem merece, com quem se importa realmente com você. Retribua aquilo que você está recebendo. Aprenda com seus erros e não deixe que as pessoas pisem em você, magoem você. Jamais admita que alguém te coloque pra baixo... Não seja capacho de ninguém. Evite ao máximo magoar, mentir, iludir... Só prometa aquilo que poderá cumprir... Pois você jamais será capaz de burlar a lei do retorno e tudo que você faz, de bom ou de ruim você recebe em dobro (com juros e correção monetária). Não importa quanto tempo demore. Todas as atitudes que você toma, geram consequências. Acredite e confie nas pessoas, quando elas provarem com atitudes que são confiáveis. Não se iluda com rostinhos bonitos e com sorrisos adoráveis, as aparências enganam (e como enganam). É lógico que no decorrer da sua vida, você vai se machucar, se enganar, se iludir, sofrer... Mas o ideal é você fazer o possível para evitar isso.

~ Citações:

“ Cada um segundo suas capacidades, a cada um segundo suas necessidades.” (Karl Marx)

“ Ninguém pode, por muito tempo, ter um rosto pra si mesmo e outro para a multidão sem ao final confundir qual deles é o verdadeiro.” (Nathaniel Hawthorne)

“O que faz com que poucas pessoas sejam agradáveis na conversação é que cada uma pensa mais no que tem a intenção de dizer do que naquilo que outros dizem.” (François Poitou)
 

Hoje quero falar de... Template by Ipietoon | Template - Dir